Blogger templates

quinta-feira, 2 de março de 2017

"Oração" - novo verbete da Enciclopédia Espírita Online


A Enciclopédia Espírita Online acaba de ganhar mais um verbete: Oração.

Confira a síntese:

Oração, no mesmo sentido que a prece, é uma invocação de ordem religiosa, mediante a qual o orador entra em comunicação com aquele a quem se dirige — normalmente, Deus ou os seus intermediários. A Doutrina Espírita reconhece o valor e a eficácia da oração e, ainda mais além, torna compreensível a sua ação, explicando o modo de transmissão de pensamento, o estabelecimento da sintonia entre aquele que ora e aquele que é invocado, os resultados práticos possíveis do ato de orar e as características que definem a verdadeira e eficaz oração, que torna o indivíduo mais próximo da divindade e dos bons Espíritos, angariando para si mais inspiração para sua evolução espiritual. Na Codificação Espírita, encontramos ensinamentos acerca da oração especialmente nos capítulos XXVII e XXVIII de O Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec. A eficácia da oração tem sido objeto de interesse da ciência e já há diversos estudos científicos favoráveis à ideia positiva da ação da prece sobre pacientes que oram ou por quem são feitas intercessões.

No desenvolvimento do verbete, você confere o contexto do item, as características da oração, eficácia da prece, modo de orar, ação de transmissão de pensamento no ato da oração, a forma particular de oração do Mestre Jesus, a aplicação das preces espíritas, a relação entre ciência e o poder da oração etc.

Apenas para demonstrar a importância dessa questão, expomos aqui mais um trecho do verbete, com uma citação de um dos Espíritos amigos da codificação do Espiritismo:

"O dever primordial de toda criatura humana, o primeiro ato que deve assinalar a sua volta à vida ativa de cada dia, é a prece. Quase todos vocês oram, mas como são poucos os que sabem orar! (...) A sua prece deve conter o pedido das graças de que necessitam, mas de que realmente vocês necessitam. Portanto, é inútil pedir ao Senhor que abrevie as suas provas, que os dê alegrias e riquezas. Roguem que Ele conceda os bens mais preciosos da paciência, da resignação e da fé. (...) Devem orar sem cessar, sem que para isso seja preciso se recolher ao oratório, ou se lancem de joelhos nas praças públicas. A prece do dia é o cumprimento dos seus deveres, sem exceção de nenhum, qualquer que seja a natureza deles.(...) Isso independe das preces regulares da manhã e da noite e dos dias consagrados. Como podem ver, a prece pode ser de todos os instantes, sem nenhuma interrupção acarretar aos seus trabalhos. Dita assim, ela, ao contrário, os santifica. Tende como certo que um só desses pensamentos, se partir do coração, é mais ouvido pelo Pai celestial do que as longas orações ditas por hábito, muitas vezes sem causa determinante e às quais apenas maquinalmente chama a hora convencional."

V. Monod, O Evangelho segundo o Espiritismo - Cap. XXVII, item 17

Acesse agora mesmo o verbete "Oração" na Enciclopédia Espírita Online.

Postado no site Luz Espírita

0 comentários: