Blogger templates

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Amar é sofrer?

0 comentários
Quem disse que “amar é sofrer” jamais amou.

O beijo do ar da madrugada desperta a vida que dorme.

O sorriso da lua engrinaldada de estrelas diminui as sombras.

A carícia do sol vitaliza todas as coisas.

E a chuva que lava a terra, e reverdece o chão, e abençoa o mundo, correndo no rio, esvoaçando na nuvem esgarçada, são as tuas expressões de amor, construtor real, demonstrando o teu poder, a tua grandeza e a minha pequenez. Quem ama, sempre doa, e não sofre, porque ama.


Quem diz que amar é sofrer ainda está esperando pelo amor e jamais amou.

As palavras do poeta Tagore são fortes. Desafiam todos os autores que até hoje cantaram, emocionados, as dores do amor.

E foram tantos... E ainda são.

O amor do mundo sempre esteve vinculado à dor, pois sempre foi um amor apego, um amorposse, um amor desespero.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Memorial Chico Xavier impulsionará turismo religioso

0 comentários
Com investimento de R$ 2,9 milhões do Ministério do Turismo, obra será inaugurada em 2015, na cidade de Uberaba

Residência do médium foi transformada em museu, com todos os seus pertences pessoaisDivulgação/ Prefeitura Municipal de Uberaba
A cidade de Uberaba (MG) recebe uma média 2.500 visitantes por semana interessados em conhecer o museu e o túmulo do médium espírita Chico Xavier, falecido em 2002.
Segundo dados da prefeitura da cidade, o turismo religioso é um dos principais atrativos do município e o segmento promete ganhar um incremento com a finalização das obras do Memorial Chico Xavier, que está sendo erguido no terreno ao lado do Parque Municipal Mata do Carrinho.

Suicídio, a sós ou assistido, jamais!

0 comentários
A parte mais triste do suicídio assistido de Brittany Maynard (veja sobre o caso aqui), amplamente divulgado  pela imprensa  mundial, será o acréscimo de sofrimento que a autora atraiu para si pelo  desconhecimento da espiritualidade e da presença de Deus em nossas vidas. Somente Ele, que dá a vida, tem o direito de decidir quando ela termina para nosso próprio bem. Aqueles que pensam driblar a Sabedoria Divina, fugindo ou sendo expulsos voluntariamente do corpo carnal, despertam no após morte mais sofridos e alienados do que antes. Terão,  depois, que  retornar à Terra para dar continuidade ao resgate de seus erros cometidos em vidas passadas. E geralmente  voltam em corpos iguais ou menos sadios do que aqueles que  supunham se livrar…
A propósito, Adelino da Silveira, em seu livro Chico de Francisco, conta que o médium  Chico Xavier, durante muitos anos, visitou um jovem que tinha o corpo totalmente deformado e que morava num casebre à beira de uma mata. A mãe deste jovem era também muito doente e o Chico a ajudava a banhá-lo, alimentá-lo e a fazer a limpeza do pequeno barraco em que moravam.

Nossa responsabilidade

0 comentários
Muitos dos desentendimentos que ocorrem em nossas vidas são frutos da nossa ignorância espiritual. Não aprendemos a pensar antes de falar e muito menos avaliar o nosso cotidiano.
Somos ilustres desconhecidos de nós mesmos... E certamente se não nos conhecemos fica difícil conhecer e compreender o nosso próximo.
Agimos como autômatos ao acordar e seguimos a agenda diária fazendo com que os dias pareçam iguais e monótonos. Talvez por estarmos agindo assim a vida possa parecer sem graça e complicada. Que pena!
 
É preciso acordar para a vida! Ser presente em todos os momentos, buscar conhecimento e sabedoria para que haja evolução espiritual é questão de sobrevivência para todos nós. A acomodação geral tem contribuído para que os desentendimentos aumentem e o mal estar das guerras nos faça sofrer e muito. O ser humano é luz e assim deve proceder. De alguma maneira cada um precisa encontrar o seu caminho da evolução. Não importa qual doutrina ou religião resolva escolher para a sua iluminação e compreensão do seu pertencimento a Deus e a humanidade. Não podemos perder tempo, pois o momento de transformação para o bem é agora.

Gestão de Centros Espíritas – garanta sua vaga para 2015

0 comentários
Capacitação em Gestão de Centros Espíritas: 6.253 inscritos até novembro/2014.
Em qual deles você ainda não participou?
Garanta sua vaga para Fevereiro/2015.
Se você já é trabalhador de uma Casa Espírita e ainda não conhece o projeto, inscreva-se no Curso I – Centro Espírita – Visão Geral e depois siga a sequência.
São cursos gratuitos, pela internet, com horário flexível de acesso e duração de trinta dias. Acesse:www.febnet.org.br .
“Espíritas: amai-vos, eis o primeiro mandamento; instruí-vos, eis o segundo.” Espírito de Verdade – Cap. VI, item 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo.
 

Livro Inédito de Chico Xavier

0 comentários
Em parceria histórica, a Federação Espírita Brasileira e o Centro Espírita União (FEB e CEU) lançam livro inédito de Chico Xavier.
Trata-se da obra Fé e vida, ditada por Espíritos diversos ao inesquecível apóstolo do bem e médium mineiro de 1936 a 1989. Dentre os autores espirituais figuram: André Luiz; Casimiro Cunha; Cornélio Pires; Emmanuel; Eurípedes Barsanulfo; Irmão X; Jésus Gonçalves; João de Deus; Maria Dolores; e Meimei.
Importantes temas da atualidade e de interesse público, em poemas e prosas, são veiculados no livro psicografado por Chico que a FEB Editora e o CEU trazem à publicidade para conhecimento de todos. O problema da paz, as provações coletivas, perseverança e amor, o homem e o evangelho, convidados difíceis e a história de um coração maternal são alguns dos assuntos para nossa leitura e reflexão.

O tratamento e a cura

0 comentários
Chico Xavier sempre conviveu com problemas nos olhos, particularmente um deles, que exigia permanente cuidado, não raro sangrando e dolorido.
 
Numa dessas crises, pediu a Emmanuel: – O senhor poderia pedir ao doutor Bezerra de Menezes ou outro benfeitor um tratamento de cura?
 
A resposta do guia o deixou apreensivo: – Continue o tratamento médico e tenha paciência e resignação, porque seu mal não tem cura e nada posso fazer.
 
– Mas, se é assim, como vou continuar meu trabalho mediúnico?
 
E Emmanuel: – Não tem cura, mas tem tratamento! Continue cuidando dos olhos.
 
***
 
A resposta de Emmanuel resume um tratado de resignação ativa. Estranhou a adjetivação, leitor amigo? É que considero a existência de dois tipos de resignação – ativa e passiva.
 
Embora ambas exprimam uma aceitação dos males da existência, dizem respeito a posturas diametralmente opostas. Senão, vejamos:
 
Resignação passiva: aceitação acomodada que paralisa a iniciativa e nos situa na lamentável condição do coitadinho, a inspirar a comiseração alheia.

Número de consultas em Centros ultrapassa o de grandes hospitais

0 comentários
Um levantamento realizado em 55 centros espíritas da cidade de São Paulo aponta que, juntos, os atendimentos espirituais chegam a cerca de 15 mil por semana (60 mil ao mês). “Este número é muito superior ao atendimento mensal de hospitais como a Santa Casa, que atende cerca de 30 mil pessoas, ou do Hospital das Clínicas, com cerca de 20 mil atendimentos”, destaca o médico psiquiatra Homero Pinto Vallada Filho, professor do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).
 
A média relatada de atendimentos semanais em cada instituição foi de 261 pessoas.“Sabemos, por meio de vários estudos, que a abordagem do tema religiosidade ou espiritualidade exerce um efeito bastante positivo na saúde de muitos pacientes. Por isso, podemos considerar a terapia complementar religiosa ou espiritual como uma aliada dos serviços de saúde”, revela, lembrando que, geralmente, o paciente não tem o hábito de falar sobre suas crenças religiosas e muito menos de contar que realiza tratamentos espirituais em centros espíritas.
 
Vallada Filho foi o orientador da dissertação de mestrado 'Descrição da terapia complementar religiosa em centros espíritas da cidade de São Paulo com ênfase na abordagem sobre problemas de saúde mental', de autoria da médica Alessandra Lamas Granero Lucchetti, apresentada ao Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP em dezembro.

Superinteressante: Chico Xavier, o homem, os espíritos, a polêmica

0 comentários
A publicação salienta a pessoa caridosa que fora o médium, e seu importante trabalho, que inclui a psicografia de suas 439 obras
 
A revista Superinteressante de setembro de 2014 (Ed. Abril) dedicou sua edição a Chico Xavier. Desde a capa, com imagem do médium psicografando, e mais de sessenta páginas da edição, a publicação dá foco às inúmeras realizações que aconteceram na história do Espiritismo no Brasil, ressaltando a importância de Chico Xavier, que dedicou sua vida para o bem e para a divulgação da doutrina espírita.
 
 Trazendo informações expressivas, a matéria divulga dados interessantes: “Existem cerca de 15 mil centros espíritas no mundo. O Brasil tem 14 mil deles, ou 92%. Desde o século 19, quando o espiritismo surgiu na Europa, o espiritismo foi moda em alguns países, como França e Inglaterra, mas pegou mesmo no Brasil. Uma série de razões explicam por que a religião cresceu mais aqui do que em qualquer lugar: a opção pela assistência aos pobres (em contraponto à vertente científica que vigorou na Europa), a criação da Federação Espírita Brasileira, responsável por unir o movimento, e o fim da perseguição aos seguidores de Allan Kardec, uma vitória no início do período republicano no País. No entanto, nada disso teria dado tanta popularidade à religião se não houvesse surgido outro fenômeno: Chico Xavier”.

Não desistir jamais!

0 comentários
Você já pensou em abandonar algum compromisso, alguma atividade antes de acabá-la, só porque estava difícil demais?

Já se viu desistindo de resolver um grande problema, porque ele se mostrou maior do que você estava disposto a solucionar?

Talvez muitos de nós já tenhamos passado por alguma dessas situações. O de desistir de algo, de algum intento, de algo previamente planejado.

Algumas vezes o motivo é o cansaço, outros o desestímulo, ainda pode ser a falta de perspectiva... Seja qual for a causa, o resultado é sempre o mesmo: tarefa inacabada, tarefa adiada.

Nosso livre-arbítrio nos permite tal ação, mas a resposta da vida será sempre a mesma: em algum momento, nos encontraremos novamente com o compromisso, a fim de concluí-lo.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Pesquisa científica avalia veracidade das cartas de Chico Xavier

0 comentários
RIO — O domingo de 3 de fevereiro de 1974 prometia muitas alegrias para o estudante de Engenharia Jair Presente. Ele havia saído de casa, onde morava com os pais e a irmã, para um animado fim de semana com os amigos. Mas, o passeio terminaria em tragédia: Jair morreria afogado na Praia Azul, em Americana, a 37 quilômetros de Campinas. A história do rapaz, porém, não acabaria ali. Ele teria escrito 13 cartas após a morte, reproduzidas em psicografias do médium Chico Xavier. Quarenta anos depois, uma pesquisa científica investigou o conteúdo das mensagens e comprovou a autenticidade das informações.
 
O resultado do trabalho foi publicado pela revista científica “Explore”, da Editora Elservier, sediada em Amsterdã, na Holanda.
 
– Estas cartas produzem informações verificáveis. Não são informações genéricas. Trazem nomes de pessoas, situações que aconteceram, e estas informações eram, de modo geral, verídicas – observa o psiquiatra Alexander Moreira-Almeida, o diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes), da Universidade Federal de Juiz de Fora, o orientador da pesquisa.

Mauricio de Sousa lança ‘Meu pequeno evangelho’...

0 comentários
... livro da Turma da Mônica sobre espiritismo
 
Espírita, primo do pai de Cascão ensina aos personagens a doutrina de Allan Kardec
 
A Turma da Mônica agora vai difundir os ensinamentos do espiritismo, doutrina codificada no século XIX pelo francês Allan Kardec. Mauricio de Sousa está lançando “Meu pequeno evangelho” (Editora Boa Nova), livro em que Cebolinha, Cascão, Magali, Anjinho, Penadinho e companhia aprendem os ensinamentos de Jesus contido no “Evangelho segundo o espiritismo”, principal obra do kardecismo.Nas 64 páginas da história ilustrada por Mauricio e idealizada pelo designer peruano Luis Hu Rivas e pelo administrador baiano Alã Mitchell, ambos espíritas, a Turma da Mônica recebe a visita de André, um primo de Seu Antenor, pai do Cascão, que é seguidor da religião.

A família em primeiro lugar

0 comentários
O administrador Stephen Kanitz, colunista da revista Veja, escreveu em edição de fevereiro de 2002 mais ou menos o seguinte:

Há vinte anos presenciei uma cena que modificou radicalmente minha vida. Foi num almoço com um empresário respeitado e bem mais velho que eu.

O encontro foi na própria empresa. Ele não tinha tempo para almoçar com a família em casa, nem com os amigos num restaurante. Os amigos tinham de ir até ele.

Seus olhos estavam estranhos. Achei até que vi uma lágrima no olho esquerdo. “Bobagem minha”, pensei. Homens não choram, especialmente na frente dos outros.

Mas, durante a sobremesa, ele começou a chorar copiosamente. Fiquei imaginando o que eu poderia ter dito de errado. Supus que ele tivesse se lembrado dos impostos pagos no dia.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Rivalidades entre sociedades espíritas

0 comentários
O verdadeiro Espiritismo tem por divisa benevolência e caridade
 “Todo reino dividido conta si mesmo é devastado; e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá.” - Jesus. (Mt., 12:25.)
 
Difícil de acreditar, mas (infelizmente) aconteceu: estimulados pelo desejo de divulgar a Doutrina Espírita através de uma feira de livros em praça pública, nossos bravos idealistas foram impedidos de executar o projeto porque uma instituição espírita “rival” impetrou mandado de segurança contra os planejadores de tal evento motivados pelo ciúme, por não ter partido deles a iniciativa da realização, embora tivessem sido convidados a unir esforços para o desiderato. Além de não aceitarem o convite e, receosos de que a “outra casa” tivesse uma projeção maior na cidade, impediram a luz de se acender.
 
Em outra cidade, quando uma das casas espíritas resolveu, após ingentes esforços, organizar um coral espírita, confrades de outra Instituição espírita organizaram uma comissão a fim de demovê-los de tal ideia, vez que já havia um coral sendo formado e, mais um coral (na opinião deles) seria obra de obsessores que estariam elaborando um movimento paralelo com o fim de prejudicar o Espiritismo na cidade.
 
Em outra ocasião, durante um evento espírita de mais ampla repercussão, foi feito um panfleto onde estava registrado o horário de funcionamento das reuniões públicas de todas as casas espíritas; só que o dia e o horário da “casa adversária” estavam propositadamente incorretos.
 
De outra feita, quando os dirigentes de um Centro Espírita de uma pequena cidade resolveram ampliar o número de reuniões públicas – desafortunadamente –, o único dia e horário mais propício para todos “coincidiu” com o da outra instituição.

Crítica do livro 'Do outro lado', por Mary del Priore

0 comentários
Mês passado nós postamos aqui sobre o mais recente livro lançado por Mary del Priore intitulado "Do outro lado – a história do sobrenatural e do espiritismo". Na verdade o post mostra uma entrevista dada ao Jô. Veja aqui.
 
Bom, aqui, abrimos espaço para uma crítica sobre o citado livro. Frisamos que não é, necessariamente, a posição do Blog do LEAE, apenas queremos apresentar 'os dois lados da moeda'.
 
Aproveitem!
 
Escrito por Ricardo de Mattos
 
Do outro lado, por Mary del Priore
 
"Para quem acredita, nenhuma palavra é necessária; para quem não acredita, nenhuma palavra é possível" (Inácio de Loyola).

"Se não dão ouvidos a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão convencer se alguém ressuscitar dentre os mortos" (Lucas, 16,31).

Há um mês deparamo-nos com os exemplares do livro Do outro lado — a história do sobrenatural e do espiritismo na livraria do terminal Tietê, em São Paulo. Foi escrito pela historiadora Mary del Priore, autora de livros outros como Uma breve história do Brasil, Histórias íntimas e Histórias e conversas de mulher. Seu mais recente livro vem somar-se àqueles trabalhos sobre espiritismo e espiritualismo realizados por pessoas de fora destes movimentos, mas que com eles tiveram contato mais ou menos estreito. Nesta esteira, citamos a biografia de Allan Kardec escrita por Souto Maior e o ensaio do filósofo inglês John Gray Em busca da imortalidade.

Memorial deve se tornar um dos principais destinos religiosos de Minas

0 comentários
Com previsão de entrega para 2015, a obra do centro que vai homenagear o maior nome do espiritismo no Brasil tem o custo aproximado de R$ 4,5 milhões
 
De acordo com a prefeitura de Uberaba,
70% das obras do Memorial Chico Xavier
já estão finalizados
A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, recebe uma média 2,5 mil visitantes, por semana, interessados em conhecer o museu e o túmulo do mais famoso médium do Brasil: Chico Xavier – falecido em 2002. Segundo dados da prefeitura da cidade, o turismo religioso é um dos principais atrativos do município, e o segmento promete ganhar um importante incremento com a finalização das obras do Memorial Chico Xavier, que está sendo erguido no terreno ao lado do parque municipal Mata do Carrinho.
A construção do memorial conta com apoio do Ministério do Turismo, que já investiu mais de R$ 2,9 milhões na primeira e segunda fases do projeto – o custo total é de R$ 4,5 milhões –, além da contrapartida da prefeitura, que inicia licitação da terceira fase, para a finalização da obra. A previsão de inauguração é para o segundo semestre de 2015. "É uma obra importante que tende a aumentar o fluxo de turistas em Uberaba, criando novas oportunidades de negócios para os comerciantes e de empregos para a população local", afirma Neusvaldo Ferreira Lima, secretário de Programas de Desenvolvimento do Turismo do ministério.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Além do dia cinzento

0 comentários
Entre o que acontece comigo e minha reação ao que acontece comigo, há um espaço. Neste espaço está minha capacidade em escolher minhas respostas e definir meu destino. - Stephen Covey

Quando influências externas colocam em risco os ditames da alma, um terrível sofrimento ganha espaço na vida da pessoa, esteja ela consciente disso ou não, produzindo espasmos metafóricos que fazem barulho para avisar que a jornada não está sendo cumprida segundo os objetivos mais ressonantes ao crescimento desse ser humano particular, situado em algum instante de seu itinerário evolutivo.
 
No tempo que exercia de maneira solitária a função de professora, eu sempre me preocupava com meus alunos, principalmente atenta ao fato do quanto a natureza do erro é útil à construção crítica do conhecimento.

Depressão: A doença do século

0 comentários
Segundo a OMS- Organização Mundial da Saúde, até 2020 a depressão será a principal doença incapacitante em todo o Planeta.  Hoje, mais de 120 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão. O Brasil já é o país com a maior prevalência da doença, com quase 10% da  sua população.
 
Para expor sobre este tema que aflige grande parte das famílias, o presidente da Federação Espírita de Mato Grosso, o psicólogo Lacordaire Faid fará uma série de palestras nas cidades de Rondonópolis, Pedra Preta e Guiratinga .
 
De acordo com uma das organizadoras do ciclo de palestras, Niobe Rondon, independente de crenças ou religião, o tema depressão propõe uma reflexão profunda das causas espirituais do doente, de modo que- ao conhecer essas causas- a pessoa depressiva ou com tendência  a se deprimir possa curar e, principalmente, prevenir a depressão.

Metades eternas – afinidades

0 comentários
Não existe uma união particular e fatal de duas almas. Existe uma união entre todos os Espíritos, mas em graus diferentes, segundo a posição que ocupam, isto é, segundo a perfeição adquirida. Quanto mais perfeitos, mais unidos. (L.E., 298)(1)
 
É inexata a expressão metades eternas. Se um Espírito fosse metade de outro e dele separado, seria incompleto. (L.E., 299)(1)
 
A simpatia que atrai um Espírito para outro resulta da perfeita concordância de suas inclinações e de seus instintos. A identidade necessária à simpatia perfeita consiste na igualdade do grau de elevação. (L.E., 299)(1)
 
Os Espíritos que hoje não são simpáticos poderão sê-lo mais tarde. Todos o serão. O Espírito que hoje se acha em esfera inferior alcançará, pelo aperfeiçoamento, a esfera onde reside um outro. (L.E., 299)(1)

Estudo científico encontra 1ª prova de que existe vida depois da morte

0 comentários
O ser humano é dotado de uma inteligência que lhe permitiu grandes progressos ao longo de sua história, mas também lhe deu a consciência de sua própria mortalidade – seu fim inexorável, aonde suas invenções e avanços não podem chegar. Pelo menos, foi nisso em que se acreditou até o momento.
 
No entanto, um ambicioso estudo científico realizado por pesquisadores da Universidade de Southampton encontrou a primeira prova de que existe vida depois da morte. Essa descoberta, que fala sobre um suposto estado de consciência, após cessarem as funções do cérebro, pode começar a mudar todas as certezas que tínhamos sobre a misteriosa passagem da vida para a morte.

5 mais: Novelas que abordaram o espiritismo

0 comentários
Relembre 5 novelas espíritas que fizeram muito sucesso

Reprisada atualmente no Canal Viva, a novela A Viagem é uma das novelas da Globo mais aclamadas. A temática espírita fez sucesso na trama, um dos fatos que chamou a atenção do público. Relembre outras novelas espíritas!

A Viagem é a trama espírita mais famosa! Foi escrita por Ivani Ribeiro, contando a história de Alexandre (Guilherme Fontes) e do casal Diná (Christiane Torloni) e Otávio (Antonio Fagundes).

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Fim da infância? Quando ser criança é um estorvo...

0 comentários
Fim da infância? Quando ser criança é um estorvo...
 
O doutor foi requisitado quando a professora disse ter notado o menino, nos dias chuvosos, bastante hiperativo, irritado com o número quatro, nervoso com a hora do conto, e em outros dias, ensolarados, muito distraído, fitando o vazio no teto, imune até mesmo ao fascínio do computador...
 
Ela contou então que, na sequência, falou alto, gritou três vezes o seu nome para chamar sua atenção. Inutilmente, era um caso de infância perdida, ela sustentou, apoiado o discurso técnico pelo coordenador.
 
E quem tivesse o bom senso da arte dos sonhos também acrescentaria à sentença descabida da professora: “sim, é a atração pelas brincadeiras que quer tirá-lo dessas paredes sólidas que ensinam a marchar...”

O amor é uma decisão

0 comentários
Motivo de conversas de botequim, passando por músicas, poesias e reflexões dos grandes filósofos, o tema “Amor” sempre esteve em pauta desde que o mundo é mundo.
 
E o tema, claro, não passou despercebido pelo codificador do Espiritismo, Allan Kardec, que fez várias referências ao amor. Entretanto, destaco esta que considero esclarecedora e consta na questão de 938 de O livro dos Espíritos:
 
Vejamos o que Kardec comenta:
 
“A Natureza deu ao homem a necessidade de amar e de ser amado. Um dos maiores gozos que lhe são concedidos na Terra é o de encontrar corações que com o seu simpatizem. Dá-lhe ela, assim, as primícias da felicidade que o aguarda no mundo dos Espíritos perfeitos, onde tudo é amor e benignidade. Desse gozo está excluído o egoísta”.
 
Belíssimo comentário. Temos, todos, a necessidade de amar e de ser amados. Uma via de mão dupla. A felicidade que gozamos está no dar e receber e não apenas no receber.

Obesidade infantil: é urgente reinventar a infância

0 comentários
Em dez anos triplicou no Brasil o número de atestados de óbito nos quais a obesidade aparece como causa. Morre-se de quê? De excesso de peso.
 
Para tornar o cenário mais sombrio, infelizmente um terço das crianças no País está com sobrepeso e obesidade. Ainda é sabido que, em cada cinco crianças obesas, quatro permanecerão assim quando adultas.
 
O governo, é claro, ganharia muito se fizesse uma campanha persistente/adequada de prevenção e alteração de hábitos alimentares (para os saudáveis). Mas isso não ocorre por enquanto e a ausência desta proposta feliz pode estar orientada por questão política (mercado).
 
E a indústria alimentícia, por sua vez, é muito competente e interessada tanto na distribuição de alimentos como para deixar o (seu) produto barato e ultrapalatável – sim, pois a mistura de sal, gordura e açúcar é viciante, e o consumidor (criança) fica acorrentado pela língua/paladar.

A verdade, a Bondade e a Utilidade

0 comentários
 
Perante qualquer informação que nos chegue, independentemente da via de comunicação utilizada (conversa, leitura, audição etc.) é de fundamental importância refletir se o conteúdo da mensagem apresenta os critérios da verdade, da bondade e da utilidade.
 
Acredita-se que foi o filósofo grego Sócrates (Atenas,  469 a.C/.Atenas, 399 a.C) que teria estabelecido como princípio ético esses três critérios de análise de uma mensagem ou informação, antes de divulgá-la. É metodologia ética porque, como tal, ética (do grego, ethikos) significa dizer “bom costume”, que pode ser exercitado continuamente desde que submenta ações morais ao controle da razão.

Centro espírita com nome de freira viva

0 comentários
Ocupando modesta função na Saneago, superadas mil e uma dificuldades, em 1991, Sílvio Miraldo Carvalho Neto realizava seu grande ideal, fundando uma casa espírita. O nome, Irmã Dulce, ele já tinha escolhido há muito tempo mesmo ouvindo comentários assim:
 
– Centro espírita com nome de religiosa católica! Se fosse uma santa, mas uma simples freira e ainda por cima viva (Irmã Dulce morreu no ano seguinte)...
 
Quem pensa assim não sabe de nada. O Centro Espírita de Francisco Cândido Xavier em Pedro Leopoldo, existente até hoje, se chama Luiz Gonzaga, santo católico. As obras básicas da doutrina estão repletas de mensagens de Santo Agostinho, grande doutor da Igreja Católica.

Mary del Priore: história do espiritismo brasileiro em seu novo livro

0 comentários
Historiadora comenta que o Brasil é o país com maior número de espíritas
 
Mary del Priore participa da gravação do
'Programa do Jô' (Foto: TV Globo/Programa do Jô)
Você acredita em espírito? A escritora e historiadora Mary del Priore lança o livro "Do outro lado – a história do sobrenatural e do espiritismo", que discorre sobre o tema, que será abordado na novela Alto Astral. "O Brasil é o país com maior número de espíritas do mundo", revela.
 
Segundo a historiadora, a vinda do espiritismo kardecista para o Brasil foi facilitada por nossas boas relações com a França no século XIX. "O espiritismo chegou ao país como uma moda francesa."
 
Mary del Priore conta que os nossos antepassados acreditavam piamente em espíritos e achavam que o rádio e a fotografia podiam facilitar a comunicação com eles. "Eles faziam experimentos para tentar matar a vontade de conversar com os mortos."
 
- Veja o vídeo aqui.
 
*Notícia extraída do site Globo.
 

Venda de livros religiosos cresce mais do que dos exemplares didáticos

0 comentários
A atual realidade do mercado dos livros voltados para o espiritismo é resultado do trabalho de dois médiuns no âmbito nacional: Chico Xavier e Zíbia Gasparetto
 
Os livros com temática religiosa - especialmente os espíritas - se destacam por faturar   mais que os livros convencionais. Dados de pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe) e da Câmara Brasileira do Livro (CBL), divulgada este mês, com base nos dados de 2013, mostram que de 2012 para 2013 o faturamento com títulos religiosos teve variação positiva de 17%.
 
No caso dos livros didáticos, a pesquisa encontrou crescimento de 8,34%. Membro do conselho da Associação de Editoras, Distribuidoras e Divulgadores do Livro Espírita (Adeler),  Celso Maiellari explica que as tiragens dos livros espíritas são maiores do que os outros títulos. “Um lançamento de sucesso de uma editora convencional sai geralmente com cinco mil exemplares. No caso dos espíritas, eles saem com até 25 mil”, conta Maurício que também é  diretor da Lúmen Editorial.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Vereadores aprovam projeto envolvendo o Centro Espírita O Consolador

0 comentários
Mato Grosso LUCAS DO RIO VERDE
Vereadores aprovam projeto que reconhece o trabalho do Centro Espírita O Consolador como de utilidade pública
 
O Centro Espírita O Consolador foi declarado, no último dia 15, como de ‘utilidade pública, durante a sessão ordinária.  O projeto, de autoria do vereador Demétrio Cézar (PDT), foi apreciado e, por unanimidade, dado o parecer favorável, reconhecendo que esta entidade civil presta serviços, de acordo com o seu objetivo social, de interesse para toda a população.
 
“Essa entidade vem, como outras tantas de nossa cidade, trazer benefícios à coletividade. E com este apoio que demos, o centro poderá angariar fundos e desenvolver cada vez mais suas ações”, disse Demétrio Cézar.
 
Com a obtenção da declaração de ‘utilidade pública’, que é requisito para conseguir qualquer tipo de ajuda – do Poder Público –, o Centro Espírita O Consolador poderá firmar convênios para ter benefícios financeiros de modo a fortalecer o trabalho desenvolvido pela associação.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Mudar o mundo, a partir de si mesmo

0 comentários
É muito fácil percebermos que grande parte da nossa sociedade vive hoje numa espécie de loucura coletiva. Valores como compaixão, fraternidade, honestidade, cooperativismo, amor e união, que deveriam servir como base ética e moral, foram trocados, por muitos, por uma ambição descontrolada, pela sede insaciável de poder, prazer e fama, onde só os que estão em destaque merecem ser reconhecidos como pessoas de sucesso.
 
Não tenho nada contra o prazer, o poder, a riqueza... O que chamo atenção, aqui, é para o fato de que essas conquistas se tornaram fundamentais para que muitas pessoas consigam se sentir realizadas, felizes. Por que isso está acontecendo? Simples: porque ainda não conseguimos resolver nossas dificuldades internas (carências, medo, solidão, etc.) que carregamos há milênios. A cada encarnação revivemos determinados dramas morais, deixando gravado em nosso subconsciente traumas e dores, e para fugir do sofrimento buscamos várias formas de fuga, que acabam nublando nossa capacidade de enxergar e lidar com nossa realidade interna por trás das máscaras. De quem é a culpa? Nossa, é claro!

A medida do seu amor

0 comentários
Quem ama de forma amadurecida reconhece que não pode mudar ninguém. Apenas podemos colaborar, orientar, incentivar...
 
Farei uma breve análise do assunto, inspirado nas principais reflexões que Ermance Dufaux examina ao longo do livro Qual a Medida do seu Amor? São três as principais ilusões que envolvem o tema amor:
 
Acreditar que nosso amor é capaz de mudar quem nós amamos.
 
Parece-me que o fato de haver uma maior proximidade entre nós e as pessoas que amamos, de forma muito sutil passamos a acreditar que, por conhecê-las muito bem, temos o direito e a capacidade de mudá-las.

Saúde Integral é tema de encontros na região Noroeste de MT

0 comentários
A saúde integral do homem e da mulher do século 21 é o tema do ciclo de palestras e seminários que a representante da diretoria da Federação Espírita de Mato Grosso, Luiza Leontina, realiza de 8 a 13 de setembro na região norte do Estado.
 
A convite da Feemt Regional 24, Luiza tem encontros em Castanheira (dia 8), cidade distante a 820 quilômetros de Cuiabá, Juruena (dia 9), Aripuanã ( 10),  Colniza (dia 11),  Cotriguaçu ( dia 12) e, no dia 13, será a vez da Coordenação Regional de Juína promover o encontro.
 
Para Maurício Cesar Bento, Coordenador Geral  da Feemt 24, presidente da Associação Espírita Lar das Orquídeas de Cotriguaçu e um dos organizadores da Caravana com Luiza Leontina, os encontros têm por objetivo despertar o interesse de mais pessoas para conhecer a doutrina espírita. “. O tema das palestras foi escolhido tendo em vista uma “ onda” de suicídios que se abate sobre a região desde há alguns anos atrás e que, graças à bondade divina e boa vontade dos caravaneiros, tem sido debelada”, adiantou ele.

CHICO XAVIER: Filme mostra que 2019 pode ser ano para mudanças

0 comentários
Filme propõe reflexão sobre como a raça humana está definindo seu futuro
 
Não se trata de uma previsão escatológica como têm interpretado os maledicentes ou mal-informados. O que o filme “Data Limite – Segundo Chico Xavier”, que estreia amanhã, discute é a possibilidade de a humanidade intervir, desde já, em seu futuro. Inegavelmente, a raça humana vai colher o que plantou.
 
O filme se desenrola a partir de um depoimento que o médium Chico Xavier teria dado a alguns seletos amigos, entre eles Marlene Nobre e Geraldo Lemos Neto, em uma conversa informal ocorrida em 1986, após um jantar em sua casa, em Uberaba, e que eles relataram no livro “Não Será em 2012”.
 
Naquele momento, Chico revelou o futuro que está reservado ao planeta Terra. O documentário apresenta fatos e conexões históricas que apontam para a possibilidade de a previsão do médium se cumprir e propõe ao público uma reflexão sobre a grandeza do contexto do universo, sobre o fato de não estarmos sozinhos e os possíveis desdobramentos que se dariam a partir de uma eventual inserção da humanidade na sociedade interplanetária.

Jesus nunca resolveu problema particular

0 comentários
Sempre que lemos num livro de Carlos A. Baccelli – e eles são dezenas – frases atribuídas a Francisco Cândido Xavier, imaginamos como o escritor as colheu. Ele mesmo conta que, durante três décadas, amigo do saudoso médium de Uberaba, frequentou sua casa e o acompanhou em muitas atividades, sempre com papel e lápis na mão, anotando o que dizia.
 
Que tenhamos notícia, durante todo esse tempo, Chico jamais contestou a autenticidade de suas citações. Isto aconteceu, por exemplo, com o livro O Evangelho de Chico Xavier, publicado pela Casa Editora Espírita Pierre-Paul Didier em 2000, dois anos portanto antes da partida deste mundo daquele que foi, no século passado, a maior e mais sensível antena psíquica deste planeta.
 
Lá encontramos ensinamentos nada apreciados pelos pedidores de graças divinas sem a intenção de aprimoramento moral:
 
– Os espíritos amigos sempre se mostram dispostos a nos auxiliar, mas é preciso que, pelo menos, lhes ofereçamos uma base. Muitos ficam na expectativa do socorro do Alto, mas não querem nada com o esforço de renovação. Querem que os espíritos se intrometam na sua vida e resolvam os seus problemas.
 
Ora, nem Jesus Cristo, quando venho à Terra, se propôs resolver o problema particular de alguém. Ele se limitou a nos ensinar o caminho, que necessitamos palmilhar por nós mesmos. Muita gente nos procura e pede orientação, a orientação vem, frustrando quem espera uma solução acabada para o seu caso. Os espíritos amigos nos acompanham o entendimento, o olvido das ofensas recebidas. Se não as queremos esquecer, o que é que eles poderão fazer?!

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Questionamentos sobre a atitude espírita no velório

0 comentários
Recentemente, temos sido questionados sobre a atitude espírita mais adequada no velório. Obviamente, o espírita deve ter uma atitude de vigilância moral e espiritual para contribuir efetivamente com o desencarnante, principalmente através da prece e das suas vibrações através da conduta elevada; e com a família bem como os amigos encarnados do desencarnante, através do apoio emocional e espiritual, dentro dos limites naturais que a situação permita.  
 
Isso pode ou não incluir algum esclarecimento doutrinário pontual, desde que solicitado por um único indivíduo ou por um grupo e respeitando a liberdade individual de cada ser humano. Entretanto, alguns confrades nos questionaram a respeito de orientações recebidas em determinados grupos espíritas que recomendavam um trabalho fortemente doutrinário em velórios, seja velório de famílias espíritas ou não espíritas, independentemente desse trabalho ter sido ou não solicitado pela família.
 
Primeiramente temos que relembrar que o assunto velório é muito delicado, pois cada indivíduo reage à desencarnação de um ser querido de uma forma muito particular. Em que pese a muito provável boa intenção dos proponentes da supracitada diretriz, temos que convir que muitos familiares e amigos podem estar em verdadeiro estado de choque, ou seja, em contundente perturbação emocional e espiritual. Ademais, o trabalho de uma vida de amadurecimento religioso não pode ser improvisado, sobretudo em um momento de grande estresse emocional. Como dizem alguns estudiosos norte-americanos: “Na hora da ação, a hora da preparação já passou”.

Começa a ser construída a Escola Chico Xavier no bairro Beija-Flor III

0 comentários
Começarão as obras de construção da sede própria da Escola Estadual Francisco Cândido Xavier, no Conjunto Beija-Flor III. O 1º secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Uberaba, vereador João Gilberto Ripposati, disse que o secretário de Estado de Governo, Márcio Eli Almeida Leandro, garantiu que a ordem de serviço foi emitida no dia 13 de agosto. “Foi uma grande conquista o anúncio feito pelo Estado, porque, recentemente, estive numa audiência com o secretário em Belo Horizonte e pedi que se empenhasse ao máximo para agilizar a construção dessa unidade escolar em Uberaba”, destacou.
 
 A obra será executada pela empresa Alcance Engenharia e Construtora Ltda, de Teófilo Otoni, através da parceria entre o Ministério da Educação/Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Governo do Estado ao custo de R$ 4.765.239,66. Conforme o Edital de Licitação do Departamento de Obras Públicas (DEOP) de Minas Gerais, serão construídas 16 salas de aula, com prazo de conclusão das obras em 360 dias, beneficiando cerca de 2.400 alunos. “A instituição de ensino funciona provisoriamente, há mais de dois anos, em salas comerciais no bairro Morumbi, local inadequado por estar próximo a um posto de combustível e à BR-262. Mas, dentro de um ano, esse problema poderá estar solucionado”, analisou.

Cuide mais de sua saúde espiritual

0 comentários
Não é somente a saúde física que devemos correr atrás para mantermos a boa forma, o peso, aumentar nossa longevidade, prevenir doenças e melhorar nosso sistema imunológico. Devemos também buscar nossa saúde espiritual, afinal, somos espíritos e estamos na matéria para exercermos nosso papel diante do universo.
 
Mas o que podemos fazer para conquistarmos a saúde espiritual?
 
- Orar é o primeiro remédio. Não vá dormir sem antes fazer uma singela oração agradecendo seu dia de trabalho e pelas oportunidades que surgiram pelo caminho.
 
- Não amarre sua vida nas dificuldades, encare-as como aprendizado de vida, analise melhor as situações a sua volta e veja o que está sendo bom ou ruim para sua existência. Descarte tudo o que não te faz crescer enquanto espírito.

Se Eu Ficar, 'drama espírita' já nos cinemas

0 comentários
Sob a direção de R.J. Cutler e estrelado por Chloë Grace Moretz, o drama Se Eu Ficar estreou nesta quinta-feira (4) em todo o Brasil.
 
"Não é incrível como a vida é uma coisa e de repente torna-se outra?" Pena que esses acontecimentos nem sempre são delicados e generosos. O novo trailer do drama Se Eu Ficar revela que Mia (Chloë Grace Moretz) precisa fazer uma escolha bem difícil. Ficar sem os pais, orfã,  ou partir sem Adam, o amor da sua vida.
 
A prodigiosa musicista Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) tem uma vida perfeita: Pais amorosos e dedicados, uma amiga fiel e um namorado apaixonado. Sua maior dúvida é se é necessário se dedicar integralmente à carreira na famosa escola Julliard ou se pode também aproveitar mais o tempo ao lado de seu grande amor. Até que um dia, após sofrer um acidente de carro e perder a família, Mia fica à beira da morte. Em coma, ela começa a refletir sobre toda a sua vida e o que fará caso sobreviva. Será que ela fica?