Blogger templates

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Memorial Chico Xavier recebe mais de 1500 visitantes

Com atendimento ao público desde o dia 23 de setembro, o Memorial Chico Xavier vem atraindo a atenção dos visitantes e também dos turistas que passam por Uberaba. No espaço há a exibição de exposições de arte e a exposição permanente sobre o médium, trazendo detalhes sobre toda sua trajetória de vida. Em três meses de funcionamento, o espaço já recebeu mais de 1500 visitantes de todas as regiões do país e do exterior.

“A visitação tem sido muito positiva. Nesses três meses atingimos um quantitativo muito grande de visitantes provenientes de diversas partes do Brasil e também alguns estrangeiros, o que demonstra a grande vocação do memorial como equipamento cultural e turístico de Uberaba”, destaca o museólogo da Fundação Cultural, Carlos Vitor Silveira de Souza.

O Memorial Chico Xavier, que foi criado pela Lei Municipal nº 12.448/2016 e está vinculado ao Departamento de Museus da Fundação Cultural, conta com espaços multifuncionais, com galerias de exposições, biblioteca, Centro de Pesquisa e Documentação, além do auditório e praças contemplativas. Ele fica na avenida João XXIII, 2.011, Parque das Américas, e está aberto para visitação gratuita de terça a domingo, das 13h às 18h.

Na exposição “Chico Xavier - Memória e Amor”, o visitante pode conhecer a trajetória de vida do líder espírita, composta por objetos, fotografias, informações e uma holografia com imagem e mensagem de Chico. A mostra também conta com exposição de fotos do médium registradas pelas lentes do repórter fotográfico Paulo Nogueira, além de documentos, a mesa e a cadeira onde o médium realizou as primeiras psicografias, emprestadas pela Comunhão Espírita Cristã de Uberaba.

Até o momento, o Memorial Chico Xavier já conta com acervo captado de mais de 300 obras escritas pelo médium e um acervo de fitas e livros sobre sua história. Já na galeria de exposições temporárias, o público pode conferir até janeiro a mostra “Sinta Congada e Moçambique”, da fotógrafa Ruth Gobbo. A instalação retrata a expressão cultural e inova com a experiência sensorial que reúne vídeo, som, Congada e Moçambique, a partir de imagens documentadas pela fotógrafa.

Ações socioculturais - Além da exposição permanente, das exposições temporárias e do acervo de obras de Chico Xavier, outro objetivo do memorial é propiciar à comunidade diversas atividades sociais e culturais e, ao longo do tempo, capacitações, palestras, seminários e oficinas.
A oficina que iniciou as ações socioculturais do Memorial Chico Xavier foi a de pintura em tela com técnicas de grafite, com o arte-educador Clayton Tomas da Costa, que aconteceu em parceria com a Escola Municipal Madre Maria Georgina, do bairro Volta Grande. A atividade foi encerrada na semana passada com a entrega de certificados.

Além disso, o espaço também já recebeu apresentações culturais, como o show beneficente de Anatasha Meckenna em prol do Sanatório Espírita e a apresentação da Orquestra Municipal e Orquestra Jovem de Uberaba. Outro evento foi o seminário “Felicidade: encontro real”, promovido no início de dezembro pela Comunhão Espírita Cristã/Grupo de Saúde e com apoio da Fundação Cultural de Uberaba.

Parcerias

Em 2017. O museólogo Carlos Vitor explica que a equipe já está planejando parcerias para o próximo ano. “O objetivo é dar continuidade ao trabalho que já foi desenvolvido nesses três meses, ampliando e atendendo ainda mais pessoas com os eventos, as oficinas e outras parcerias. O intuito é fazer o memorial crescer cada vez mais e ampliar a atuação para a nossa cidade e também para os turistas, que têm gostado bastante do espaço”, finaliza ele.

Notícia extraída do site do Jornal de Uberaba

0 comentários: