Blogger templates

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O equilíbrio da mente como fonte geradora de saúde

A ação do pensamento sobre o corpo é muito poderosa, pois o corpo é apenas um reflexo do feixe de energias pensante que é o Espírito em sua essência (Ser Essencial) modelado pelo corpo fluídico que lhe serve de intermediário. O corpo, então, é um campo de energia eletromagnética condensada modelado pelo corpo fluídico.

Deste modo, o Ser Essencial como ser que pensa e origina a mente estará sempre manifestando a condição consciencial em que se encontra movimentando os campos energéticos do corpo fluídico, segundo a sua capacidade, gerando os caracteres físicos e psicológicos, bem como os núcleos celulares de onde se originam os órgãos, conforme o nível de experiências a que se entrega.


Quando o indivíduo irradia pensamentos salutares e edificantes revigora as células mantendo-as em harmonia. Porém se irradia pensamentos conflituosos, desequilibrados ou perturbados, frutos das experiências equivocadas, onde se identifica intensamente com o próprio ego, bombardeia as células gerando desarmonia que resultam em doenças. Por exemplo pessoas que cultivam ódios e ressentimentos acabam por degenerar as células dos seus órgãos mais frágeis, dando origem a tumores, especialmente, cancerígenos. Doenças dos mais variados tipos surgem em decorrência do desequilíbrio mental-espiritual do homem.

Sabendo que a mente desempenha esse poder, podemos utilizá-la para transmutar estados de doenças. Para isso é fundamental a correção dos pensamentos fazendo exercícios de fixação de pensamentos positivos e otimistas, criando estados de saúde.

Uma técnica que se pode utilizar é a visualização das células e órgãos funcionando perfeitamente enquanto se mentaliza energias de amor a penetrar e envolver as células. Outra técnica a ser utilizada em conjunto com a anterior é a de se conversar terna e amorosamente com as células para que as mesmas se reequilibrem. Ao se conversar com as células estaremos estimulando energeticamente o corpo fluídico a irradiar energias salutares que beneficiarão as células doentes, tornando-as sadias ou substituindo-as por outras.

*Por Alírio de Cerqueira Filho, extraído do site Luz Maior.

0 comentários: