Blogger templates

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Mais um livro psicografado por Chico Xavier vai para os cinemas

Vem aí, o filme “Nosso Lar 2 – Os Mensageiros”! 

Depois do sucesso de produções no filão espírita como “Chico Xavier – O filme” e “Nosso Lar”, a Federação Espírita Brasileira (FEB) anunciou, em seu Facebook, a continuação de mais este longa com inspiração em livros sobre a doutrina para as grandes telas.

A nota informou que “em breve” a obra ditada pelo espírito André Luiz ao médium mineiro Francisco Cândido Xavier estará nos cinemas de todo o país. O filme terá direção de Wagner de Assis – o mesmo de “Nosso Lar” (2010). A data precisa da estreia não foi informada.

No início deste mês, Wagner de Assis anunciou em uma rede social que está no final a captação de recursos para o novo longa. “Queria responder e tentar conter um pouco a expectativa. Sim, vai haver uma continuação do 'Nosso Lar'. Por enquanto, estamos chamando de 'Nosso Lar - Os mensageiros'”, confirmou.

O projeto do filme é conhecido desde 2014. Sobre a demora para que a ideia saísse do papel, Assis justificou que na indústria do cinema é preciso “muito esforço, tempo e paciência para se fazer um filme de forma independente”. “Por isso, 'Os Mensageiros' está demorando um pouco. Ou melhor, acredito que estejam no tempo deles. Como todos sabemos, 'tudo a seu tempo'”, acrescentou.


Recordes do outro mundo

Outras produtoras, como é o caso da nordestina “Estação da Luz Filmes”, comandada por Luís Eduardo Girão, também produziram longas como “Bezerra de Menezes: O Diário de Um Espírito” (2007) e o comovente “As Mães de Chico Xavier” (2011).

Os recordistas de bilheteria “Chico Xavier – O filme” (Estação da Luz) e o primeiro “Nosso Lar” (Cinética Filmes), ambos de 2010, levaram 7 milhões de espectadores aos cinemas. O primeiro filme foi inspirado na biografia "As Vidas de Chico Xavier", do jornalista Marcel Souto Maior, de 1994.

 “Os Mensageiros” enfatiza trabalho no bem

O filme que está em produção será uma adaptação do segundo da série de 12 livros do espírito André Luiz psicografados por Chico Xavier. Lançado originalmente em 1944, o livro dá sequência à narrativa sobre o “outro lado da vida” feita pelo espírito André Luiz. Após a morte ele teria ido para a “cidade espiritual” conhecida como Nosso Lar.

O livro relata experiências de espíritos que reencarnaram com instruções específicas para atingir o aprimoramento pessoal, mas que nem sempre foram bem-sucedidos em suas tarefas. Escalado para prestar atendimento na Terra, o espírito André Luiz aprende que o trabalho é fonte de renovação mental e passo rumo para a construção do bem.

Apresentando a morte física como apenas uma passagem rumo à vida espiritual em contínua evolução, os 51 capítulos mostram que a busca pessoal com estudo e trabalho no bem são fundamentais.

Leia um trecho da publicação extraído do capítulo “No Centro de Mensageiros”:

“– Mas esta organização imensa restringe-se ao movimento de transmissão de mensagens? – perguntei, curioso.

O companheiro sorriu significativamente e esclareceu: – Não suponha se encontre aqui localizado o serviço de correio, simplesmente. O Centro prepara entidades a fim de que se transformem em cartas vivas de socorro e auxílio aos que sofrem no Umbral, na Crosta e nas Trevas. Acreditaria, porventura, que tanto trabalho se destinasse apenas a mera movimentação de noticiário? Amplie suas vistas. Este serviço é a cópia de quantos se vêm fazendo nas mais diversas cidades espirituais dos planos superiores. Preparam-se aqui numerosos companheiros para a difusão de esperanças e consolos, instruções e avisos, nos diversos setores da evolução planetária. Não me refiro tão só a emissários invisíveis. Organizamos turmas compactas de aprendizes para a reencarnação. Médiuns e doutrinadores saem daqui às centenas, anualmente. Tarefeiros do conforto espiritual encaminham-se para os círculos carnais, em quantidade considerável, habilitados pelo nosso Centro de Mensageiros.

– Que me diz? – interroguei, surpreso. – Segundo seus informes, os trabalhos de esclarecimento espiritual devem estar muitíssimo adiantados no mundo!...

Fixou Tobias expressão singular, sorriu tranquilamente e explicou: – Você não ponderou, todavia, meu caro André, que essa preparação não constitui, ainda, a realização propriamente dita. Saem milhares de mensageiros aptos para o Serviço, mas são muito raros os que triunfam”.

*Notícia extraída do site R7.

0 comentários: